Capacitação das Equipes de Saúde da Família em Sistema de Informação da Atenção Básica - SIAB do Município de Niterói

Capacitação das Equipes de Saúde da Família em Sistema de Informação da Atenção Básica - SIAB do Município de Niterói

A construção, analise e acompanhamento dos indicadores da Atenção Básica produzidos a partir dos dados coletados por instrumentos gerenciais preenchidos pelas Equipes de Saúde da Família e Supervisores é realizado pela Coordenação de Informação (CDI) Identificamos que as equipes não tem respeitado a periodicidade preconizada , no último trimestre (abril/Junho de 2011) a proporção encontrada para a regularidade, representou em média 12% do total de profissionais que atingiu o total de envios.

Dados da Experiência

Local da experiência: 
Niterói (RJ)
Envolve quais pontos / equipes da rede?: 
Qual foi a experiência desenvolvida? Sobre o que foi?: 

Implantar um programa de formação permanente em sistemas de informação na atenção básica (SIAB) junto aos profissionais das equipes da estratégia saúde da família (ESF).Utilização de aprendizagem baseado em situação problemas (PBL) que parte do cotidiano para uma reflexão da prática. Foram realizados nove encontros de quatro horas de duração com monitoria dos supervisores e coordenadores. Em cada encontro foi abordado instrumento gerencial de acompanhamento dos grupos prioritários tendo discussão da situação problema, preenchimento do formulário e elaboração dos indicadores que são construídos a partir dos dados coletados .

Inexperiência dos supervisores/monitores de aplicarem a metodologia pedagógica, inadequação do espaço físico e tamanho dos grupos de alunos acima do preconizado comprometeram parcialmente o resultado da aprendizagem do conteúdo proposto.

Como funciona(ou) a experiência?: 

Ø  Mecanismos de implementação do projeto

  1. Apresentação do projeto ao Núcleo de Educação Permanente, Coordenadores de Grupo Básico e Supervisores;
  2. Incorporação da temática na grade capacitação permanente das ESF no horário semanal dividindo por Grupo Básico de Trabalho.
  3. Construção do currículo e as situações problematizadoras em conjunto com os supervisores das área técnicas (saúde coletiva, saúde da mulher, pediatria, clinica médica, serviço social e saúde mental)

Ø  Mecanismos de avaliação do projeto

1.       Relatórios gerenciais de regularidade de envio de SIA_SUS por cada profissional;

2.       Elaboração, analise e acompanhamento dos Indicadores do SIAB.

Desafios para o desenvolvimento: 

Oficina de capacitação pedagógica para o coletivo de supervisores/monitores, reuniões semanais de avaliação e elaboração do roteiro de capacitação.

Quais as novidades?: 

A adoção do PBL como método pedagógico, com a construção de currículo baseado em competências articulando saberes inerente a situações concretas do trabalho: saber-saber, saber-fazer e saber-ser, contribuindo para a consolidação da proposta pedagógica de capacitação permanente.

Inclusão dos alunos do PET Saúde e da Residencia de Enfermagem em Saúde da Coletiva da Universidade Federal Fluminense como terinandos integrando profissionais de saúde e ensino.

Introduzir a prática de analise, monitoramento, planejamento das açoes das equipes de saúde da familia tendo como ponto de partida os indicadores do SIAB.

Autores da experiência

NomeCategoria
Rozidaili dos Santos Santana PenidoGestor
Teresa D´AndreaSanitarista
Denise Mello PaganoSanitarista
Denise ErbasSanitarista
Lucia LeiteSanitarista
Sandra BerbetSanitarista

Atores da experiência

NomeCategoria
Terezinha Celia ZanataMédico
Rosanilda Alves do NascimentoTécnico de Enfermagem
Jorge Luiz Reis PereiraTécnico de Enfermagem
Julciney Trindade FortesMédico
Paloma Medeira GomesTécnico de Enfermagem
Marcos da Silva CaetanoMédico
Tatiana Vidal Roale RoldanMédico
Alice Coutinho RodriguesTécnico de Enfermagem
Flavia Marques da Silva e SilvaEnfermeiro
Alexandre Petaglia SenaCirurgião Dentista
Juliana de Freitas AmorimOutro
Jorge Gorender ChekerSanitarista
Vicente RosinaApoiador
Deise MarquesAssistente Social
Natalia Andrade SoaresFarmacêutico
Ana cristina DángeloPsicólogo
Marilza Lessa CardosoGestor
Thiago BoiatoOutro
Arquivos anexados: 
Galeria de imagens: 

Comentários

Ao final da capacitação  obtivemos como resultado : a elaboração de matriz de planejamento a partir da analise dos indicadores do ano corrente por Unidade de Saúde;Padronização dos instrutivos de preenchimentos de todos os formulários gerenciais.;Retroalimentação das ESF possibilitando diagnóstico situacional de cada US.À avaliação do curso pelos profissionais teve 70% de conceito bom e excelente entre os que responderam ao questionário. 

Ao final da capacitação foi possível elaborar  matriz de planejamento a partir da analise dos indicadores do ano corrente por Unidade de Saúde,padronizar os instrutivos de preenchimentos de todos os formulários gerenciais.Retroalimentação das ESF possibilitando diagnóstico situacional de cada US.À avaliação do curso pelos profissionais teve 70% de conceito bom e excelente entre os que responderam ao questionário. 

Muito prazer! Meu nome é André Façanha e junto com Izanete Bieski, somos da curadora da IV Mostra e estou escrevendo para saber do seu interesse em participar do processo de curadoria da IV Mostra. A Curadoria não é obrigatória e a ideia é que possamos conversar através da plataforma da Comunidade de Práticas, com o intuito de possibilitar que o relato da sua experiência mostre todas as suas possibilidades.

E aí, você topa? Caso positivo, preciso que você responda em até 5 dias corridos. Após esse período, precisaremos passar para um próximo relato de experiência, para garantir o acesso do maior número de pessoas.

Olá, André,

Eu topo a curadoria. Preciso inserir mais coisas pois o tempo foi curto como o prazo final foi ampliado para o dia 30 tem mais relatos como agregar a participação dos alunos PET Saúde e também da residencia de Enfermagem e multiprofissional, e que tudo foi concebido a partir da minha participação de um Curso de formação pedagógica para preceptores do NUTES/Laboratório de Ensino/UFRJ, sendo produto final do meu TCC.

Um abraço,

Aguardo novos contatos!

Muito boa a iniciativa de divulgar para as equipes, como forma de educação permanente o SIAB.

Olaaaaaaaaaa..... Parabéns a toda equipe.... acredito que o investimento em capacitação nos traz um retorno permanente... não somente em dados funcionais na gestão como também motivação profissional...

Abraçossssss;;;

 

 

 

Gostei muito da experiência, mas gostaria de saber se vocês conseguem fazer avaliação qualitativa com os profissionais de ESF?

Olá, Emanuelle
Desculpa a demora na resposta, aplicamos um questionário de avaliação do curso . A avaliação qualitativa é realizada durante a visita dos apoiadores matriciais , na melhoria dos indicadores e aumento da regularidade no envio dos dados.
Abraços ,
Rozidaili

Bastante interessante a iniciativa. Problematizar sobre os indicadores sempre é uma potência em APS.